segunda-feira, 13 de abril de 2015

Dia do Chimarrão - 24 de Abril

Conta a lenda, que os soldados espanhóis ao chegarem à foz do Rio Paraguay, em 1536, ficaram muito impressionados com a fertilidade da terra às margens do rio, fundando assim a primeira cidade da América Latina: Assunción de Paraguay. Devido às saudades de seus familiares, os desbravadores eram famosos pelos seus porres. A fim de curar suas bebedeiras, os soldados espanhóis começaram a tomar a erva-mate por notar que ela aliviava a ressaca. Foi assim, que a erva-mate chegou ao Rio Grande do Sul, transportada na garupa dos guerreiros daquela época.
Desde então, o chimarrão se tornou um dos principais símbolos do Rio Grande do Sul, a ponto de merecer um dia dedicado a ele, comemorado em 24 de abril.

O chimarrão é servido em cuia e feito com erva-mate, sobre a qual se derrama água quente. Diz-se que gaúcho que é macho gosta do mate bem amargo, mas há quem misture açúcar. Também é muito comum colocar saquinhos de chá na erva, como cidreira ou hortelã, para adicionar um sabor especial. A bebida possui propriedades digestivas e estimulantes, mas não se recomenda tomá-lo antes do café da manhã, para evitar a gastrite.

O chimarrão pode ser tomado sozinho, acompanhado ou em grupo. Numa roda de chimarrão, passar a cuia para outra pessoa, antes de beber todo o líquido, é considerado infração gravíssima. 








 

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Carne Suína





A CARNE DE PORCO ou CARNE SUÍNA é todo tipo de carne obtida a partir do porco doméstico. É fonte de proteínas e rica em vitaminas do complexo B, especialmente a vitamina B1 (tiamina), que está relacionada à assimilação dos carboidratos e contribui para o sistema nervoso e neuromuscular, pois participa da transmissão dos impulsos nervosos e atua como bloqueador dos canais de potássio em células nervosas (contração muscular). Possui selênio (antioxidante), zinco (defesa do organismo) e mais ferro (formação dos glóbulos vermelhos) do que a carne de frango.

A carne de porco pode ser encontrada em diversos cortes, o que contribui para diversificar as formas de preparo.

CABEÇA: Parcialmente desossada, pode ser preparada na forma de assado, com recheio ou cozida. É usada pela indústria de alimentos para fazer salsicha e outro frios.

COPA: Geralmente consumida em bifes ou moída.

PALETA: Um pouco dura, mas saborosa. Usada para assados e churrascos.

LOMBO: Carne nobre e saborosa. Assado, grelhado, medalhão, escalope

FILÉ MIGNON: Este corte se presta exatamente às mesmas funções gastronômicas do seu similar bovino; custa, em média, a metade do preço. Seu baixo índice de gordura superficial torna o produto mais atrativo.

COSTELA: Frita ou Assada.

PERNIL: uma das melhores partes do porco. Excelente para assados.

BARRIGA: Usada no preparo de carnes temperadas, embutidos e em conserva. 

PERNA DIANTEIRA: com ou sem osso, pode ser usada em assados ou cozidas.

TOUCINHO: Gordura fresca de porco. Muito usado na culinária do interior do Brasil, principalmente na cozinha mineira.

BACON: Toucinho defumado, fatiado ou em partes. De sabor forte e marcante, é muito utilizado para dar gosto a muitos pratos, ou até mesmo envolvendo maravilhosos medalhões de outras carnes.

PÉS, ORELHAS, FOCINHO E RABO: apuram o sabor de determinados pratos, como a feijoada, por exemplo. Normalmente encontra-se já salgados. A geleia concentrada feita dos mesmos é extensamente usada para confecção de caldos.

domingo, 5 de abril de 2015

Carne de Frango






A CARNE DE FRANGO é fonte de proteínas, é rica em vitamina B3, que é indispensável no sistema respiratório e na dilatação de vasos sanguíneos. A sua carência  conduz à fraqueza muscular e lesões na pele. Também é rica em ferro e em fósforo, promovendo o fortalecimento do organismo. Ela possui uma quantidade de gorduras saturadas muito menor do que a carne bovina.  Prefira os cortes do peito, porque as quantidades de gordura saturada e colesterol são menores quando comparados aos outros cortes, como coxa e sobrecoxa.

SOBRECOXA: Corte perfeito para ensopados. Desossada e sem pele, é ótima para ser recheada e enrolada.

COXA: Pode ser assada, empanada ou frita. É bem-vinda em churrascos!

ASA: Possui pouca carne e é usada em sopas, petiscos, assada ou frita.

PEITO: Sua carne macia pode ser usada em pratos como salpicão, strogonoff e filés.

DORSO: Corte com pouca carne, que pode ser aproveitado em caldos e sopas.

MIÚDOS: O coração, a moela e o fígado podem entrar em farofas e molhos.

PÉ E PESCOÇO: Caldos e sopas.

sábado, 4 de abril de 2015

Carne Bovina





A CARNE BOVINA é a carne extraída dos bovinos, especialmente do gado doméstico. A principal função da carne na alimentação humana é fornecer proteínas, ferro e vitamina B12, elementos essenciais para a manutenção da saúde.
Conheça os cortes bovinos e a melhor maneira de prepará-los:

ABA DE FILÉ carne mais rija, precisa de cozimento mais longo, própria para ensopados, picadinhos e também para moer.
FRALDINHA OU VAZIO corte pequeno, de fibras longas e pouco macio. Indicada para caldos, molhos, cozidos e ensopados.
PONTA DE AGULHA  parte constituída de músculos e fibras grossas e compridas, para ensopados, cozidos e sopas.
COXÃO DURO OU POSTA VERMELHAfibras duras, exige cozimento lento, ideal para carne de panela.
PATINHO menos macio que a alcatra, usado para bifes à milanesa e para preparações de carne moída crua como o quibe e o steak tartar.
PICANHA parte macia, marmorizada com gordura, própria para churrascos.
ALCATRA mais macia que coxão mole, ideal para bifes.
MAMINHA parte mais macia da alcatra, boa para bifes bem passados, pois tem mais gordura.
COXÃO MOLE macio, bom para bifes finos e enrolados. Se vier com o contrapeso, rico em nervos e sebo, corte-o pela membrana que o separa da peça e use-o em sopas.
CONTRAFILÉ ideal para bifes, rosbifes e assados. Possui gordura lateral que mantém o sabor e a umidade da carne.
LAGARTO, TATU OU POSTA BRANCAde cor mais clara e formato alongado e definido. Preparo típico em carne de panela.
FILÉ MIGNON é o corte mais macio da carne de boi. Embora não seja tão saboroso quanto a alcatra e o contrafilé, é ideal para bifes como medalhões, escalopes e também para rosbife.
FILÉ DE COSTELA OU ENTRECOTEpor ter fibras mais duras é utilizado principalmente para churrascos ou então para preparar carne cozida com legumes.
CAPA DE FILÉ com textura desigual e grande quantidade de nervos, presta-se bem para o preparo de carnes com molhos que precisam de cozimento mais longos, além de ensopados e picadinhos.
ACÉM é o pedaço maior e mais macio do dianteiro do boi. Dá ótimos ensopados, bifes de panela, carnes de panela recheadas e preparadas com molho.
BRAÇO OU PALETA– Contém o peixinho, considerado o lagarto do braço. Mais musculoso que o acém, é também muito saboroso pela quantidade de gordura interior da peça.
PEITO parte do dianteiro do boi constituída de músculos e fibras duras. Pode ser enrolado com temperos e assado na panela com molho.
PESCOÇO continuação do peito, é um dos corte de carne mais baratos que existem. Por ter formação semelhante à do peito, pode ser usado nos mesmos tipos de preparação.
MÚSCULO muito saboroso, é indicado para preparo de molhos, ensopados e perfeito para sopas.
OSSOBUCO Possui, no centro, osso com tutano que, submetido a cozimento lento, fornece pratos com molho de muito sabor.
CUPIM - É a corcova do boi-zebu. Nele, fibras e gordura se entrelaçam. É saboroso e muito usado em churrasco. Mas exige um longo tempo de cozimento.
RABO- É uma carne com osso, que serve para o preparo da saborosa rabada.



Fonte: Suplemento Carnes - Cozinha Maggi