terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Bisfenol - BPA






O BISFENOL A, também conhecido como BPA é uma substância química usada na produção de policarbonato, presente na maioria dos plásticos, por exemplo mamadeiras, copos infantis, embalagens para acondicionar alimentos e bebidas. Mas, atenção pois ele pode causar riscos à saúde. Segundo os pesquisadores, o componente tem similaridade com o hormônio feminino e da tireoide. Estudos sugerem que, ao entrar em contato com o organismo humano, principalmente durante a vida intrauterina, a substância pode afetar o sistema endócrino, aumentando ou diminuindo a ação de hormônios naturalmente produzidos pelo corpo humano, trazendo danos à saúde, como infertilidade, modificações do desenvolvimento de órgãos sexuais internos, endometriose e câncer.
Por precaução, alguns países, inclusive o Brasil, optaram por proibir a importação e fabricação de mamadeiras que contenham BPA, considerando a maior exposição e susceptibilidade dos indivíduos usuários deste produto. Esta proibição está vigente desde janeiro de 2012 e foi feita por meio da Resolução RDC n. 41/2011. Para as demais aplicações, o BPA ainda é permitido, mas a legislação estabelece limite máximo de migração específica desta substância para o alimento que foi definido com base nos resultados de estudos toxicológicos.

Saiba como Evitar a Exposição ao BPA:

1 - Use utensílios de vidro ou BPA free para armazenamento dos alimentos.
2 – Não esquente no microondas bebidas e alimentos acondicionados no plástico (BPA é liberado em maiores quantidades quando o plástico é aquecido).
3 – Evite levar ao freezer alimentos e bebidas acondicionadas no plástico (a liberação do composto também é mais intenso quando há um resfriamento do plástico)
4 - Evite o consumo de alimentos e bebidas enlatadas, pois o BPA é utilizado como resina epóxi no revestimento interno das latas.
5 - Evite pratos, copos e outros utensílios de plástico. Opte pelo vidro, porcelana e aço inoxidável na hora de armazenar bebidas e alimentos.
6 - Descarte utensílios de plástico lascados ou arranhados. Evite lavá-los com detergentes fortes ou colocá-los na máquina de lavar louças.
7 – Caso utilize embalagens plásticas para acondicionar alimentos ou bebidas, evite aquelas que tenham os símbolos de reciclagem com os números 3 e 7 no seu interior e na parte posterior das embalagem. Eles indicam que a embalagem contem ou pode conter o BPA na sua composição.



Fonte: endócrino.org.br e anvisa.gov.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário